“Para quem tem o hábito de medir a pressão arterial em casa, saiba como medir a corretamente“

A hipertensão é uma doença crônica e silenciosa, responsável pelo aumento do risco de AVC e ataques cardíacos.

Quem sofre da doença e tem o hábito de medir a pressão em casa,é importante medi-la com freqüência, de 2 a 4 vezes por dia ou pelo menos uma vez por semana, ou de acordo com orientação médica.

Antes de aferir a pressão, é preciso seguir algumas recomendações:

  • Aferir de preferência no período da manhã e em jejum, antes de tomar qualquer remédio, no caso de almoço ou jantar espere pelo menos 1 hora após a refeição.

  • Não fumar nem consumir bebidas alcoólicas pelo menos 30 minutos antes da medição;

  • Não praticar atividade física até 1 hora antes;

  • Esvaziar a bexiga, repousar de 5 a 10 minutos antes de iniciar o procedimento;.

  • Sentar-se em uma cadeira com a coluna ereta, e não cruzar as pernas;

  • Coloque a braçadeira no braço esquerdo, sem folgas, de dois a três dedos acima da articulação do cotovelo;

  • Mantenha o braço relaxado, apoiado em uma superfície elevado na altura do coração, e vire a palma da mão para cima;

  • Quando a braçadeira começar a inflar, mantenha-se relaxado, não fale nem movimente o braço. A maioria dos aparelhos é bastante simples de usar, basta apertar um botão que ele começará a medição e esperar a finalização do mesmo;

ATENÇÃO:

Se você já é hipertenso e obteve o resultado acima de 120 x 80, ou maior que 180 x 120  é recomendado que espere em repouso 15 mim,para que sua pressão seja aferida novamente,caso permaneça, importante procurar imediatamente um pronto-socorro.

A Pressão Arterial de um paciente para outro varia de acordo com a idade, o estado emocional, a temperatura ambiente, a posição postural, o sono e com uso de drogas álcool, etc .

O aparelho precisa ter o selo de verificação do INMETRO, garantindo a qualidade e segurança do mesmo.

Aparelho inadequadamente calibrado ou testado pode efetuar a medição incorreta da pressão arterial podendo trazer conseqüências graves ou levar pessoas a serem tratadas sem necessidade

Jamais se automedique ou pare de tomar os medicamentos prescritos;

Registre suas medidas para mostrar ao médico cada vez que você tiver uma consulta. Só ele poderá ajustar o tratamento para garantir o controle da pressão arterial.

 

 

Fonte: https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-cronicas/hipertensao

http://g1.globo.com/bemestar