Informativo: “Surto do Coronavírus“

Para os brasileiros, não há motivo para as pessoas entrarem em pânico ainda, e sim como medida de prevenção.

Frisamos que todos os casos da doença têm relação direta com os territórios chineses.

Até o momento, as áreas consideradas com transmissão do novo coronavírus são a província de Hubei, com o epicentro em Wuhan e a província de Guangdong, da China

Ainda não se conhece a origem da infecção e sim denominada como MERS-CoV, causadora da síndrome respiratória do Oriente Médio, sendo um vírus que tem causado doença respiratória leves a moderadas, semelhantes a um resfriado comum, de curta duração, sendo transmitido pelo ar, por meio de tosse ou espirro, aperto de mão, beijos, e contato com animais e objetos contaminados.

Sintomas:

Tosse;

Fraqueza e mal-estar excessivos;

Falta de ar;

Febre Alta;

Tratamento:

Infelizmente ainda, não existe vacina e nem tratamento específico contra o coronavírus,apenas indicado repouso e consumo de bastante água, além de algumas medidas adotadas para aliviar os sintomas, conforme cada caso,o uso de medicamento para dor e febre (antitérmicos e analgésicos).

O período de incubação do vírus é de cerca de 2 a 7 dias, podendo chegar a 14 dias.

Mesmo assim, o Brasil e outras nações deram início a um plano de vigilância e contenção de casos suspeitos treinando e orientando profissional da saúde de como agir caso o vírus chegue, definição estabelecida pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

Prevenção;

Evitar viajar a Wuhan e região – CHINA, área ativa do vírus nos próximos meses até estabelecer o“SURTO“

Evitar contato com viajantes que vieram dessas regiões.

Ao tossir, espirrar ou assoar o nariz,procure não tocar nos olhos, nariz e boca, antes mesmo de higienizar;

Evite aglomerações, caso necessite use máscaras que cobrem boca e nariz, descartando após o uso no lixo seguro;

Manter os ambientes bem ventilados.

Consumir bastante água;

Lavar bem as mãos com água e sabão, ou uso de antisséptico ( Álcool Gel  70%) após usar o banheiro, antes das refeições e principalmente após passar por estabelecimentos ou transportes públicos

Não compartilhar Copos, Toalhas, Garrafas  e objetos de uso pessoal;

 

… Neste momento é fundamental a informação. Não é momento de pânico, mas sim de prevenção.!!

Fonte: https://saude.abril.com.br //  https://drauziovarella.uol.com.br/

 

 

** PREVENTIVO DO CORAÇÃO **

O hábito de fazer exames preventivos é fundamental para manter a saúde, a qualidade de vida e principalmente o bom funcionamento do órgão vital mais importante do corpo humano: o coração. 

Os exames são importantes para qualquer pessoa, não há idade limite para começar a fazer exames preventivos, sejam elas com histórico na família, praticante de atividades físicas regulares, moderadas, intensas ou até para os indivíduos sedentários.

Os Exame é bastante simples e rápido, realizados sem a inserção de agulhas, ou fluidos no paciente.

Conheça um pouco deles!

1- Eletrocardiograma (ECG): avalia a atividade elétrica do coração, o que permite verificar se os padrões encontrados são normais ou indicam alguma anomalia, como problemas no ritmo cardíaco.

Preparo: colocação de eletrodos não invasivos nos braços, tornozelos e tórax do paciente.

2Teste Ergométrico: é um exame cuja finalidade é medir a freqüência, o ritmo cardíaco, a pressão arterial, detectar isquemia miocárdica, e distúrbios hemodinâmicos induzidos pelo esforço físico gradualmente crescente feito por caminhar ou correr numa esteira rolante.

Preparo: Vir vestido com roupas de esporte/ginástica // Não fumar // Evitar café e coca – cola 2 horas antes do exame // Vir Alimentado (evitar jejum)

3- Ecocardiograma Transtorácico: é um exame que utiliza o ultrassom para a detecção de alterações estruturais ou funcionais do coração, fornecendo informações sobre a anatomia e a morfologia do órgão, além de permitir avaliar as medidas e a mobilidade das válvulas cardíacas e das paredes das diferentes cavidades do coração, e analisar as características do fluxo sanguíneo.

Preparo: Paciente Deita em repouso numa maca enquanto é aplicado um gel no tórax para facilitar a condutividade das ondas sonoras e realizado a captura de imagens através de um pequeno dispositivo denominado“ transdutor“

4- Ecocardiograma sob estresse físico (Eco Stress): é um exame de ultrassom do coração que possibilita visualizar e analisar a contratilidade do coração em repouso, durante e após esforço físico, realizado em bicicleta ergométrica.

Pacientes com limitação ou impossibilidade de realização do esforço físico em esteira ou bicicleta favor avisar, pois a avaliação não é conclusiva.

Preparo: Vir vestido com roupas de esporte/ginástica // Não fumar // Evitar café e coca – cola 2 horas antes do exame // Vir Alimentado (evitar jejum)

5- US Doppler de carótidas e vertebrais: é um exame complementar que utiliza o ultrassom para avaliar a anatomia e circulação nas artérias carótidas e vertebrais responsáveis por fornecer sangue para o cérebro, para Investigação de síncope ou desmaio; tonturas ou vertigens; acidente vascular cerebral e avaliação do risco de doença arterial aterosclerótica através da presença de espessamentos da camada interna das artérias carótidas.

Preparo: Paciente Deita em repouso numa maca somente não é necessário preparo.

6- Holter 24 horas: É um exame solicitado quando o paciente apresenta sintomas freqüentes de tonturas, palpitações ou falta de ar, que podem indicar alterações cardíacas, ao longo de 24 horas,

Preparo: Tomar banho antes do exame, pois não será possível tomar banho com o aparelho // colocação de 4 eletrodos no tórax,e ligados a um aparelho,que fica na cintura do paciente e grava as informações transmitidas por esses eletrodos. Será fornecido ao paciente um impresso chamado “diário de atividades” onde devem ser anotados os horários em que dormiu, acordou, almoçou, jantou assim como eventuais sintomas e atividades ou eventos importantes. É fundamental manter as atividades rotineiras. Em pacientes portadores de marca-passo, trazer a carteirinha de identificação do aparelho para cópia das informações.

7- Monitorizarão Ambulatorial da Pressão Arterial (M.A.P.A.): é um exame que mede a pressão arterial a cada 15 minutos, durante 24 horas, tem como objetivo analisar o comportamento da pressão arterial não somente durante o dia e sim o sono, como também durante eventuais sintomas como tontura, dor no peito e desmaio. Além disso, possibilita a avaliação da eficácia do tratamento anti-hipertensivo.

Preparo: Tomar banho antes do exame, pois não será possível tomar banho com o aparelho // será conectado a uma braçadeira colocada no braço a um monitor leve e pequeno, colocado na cintura, que, a cada 15 minutos o monitor insufla a braçadeira e registra a pressão obtida. Será fornecido ao paciente um impresso chamado “diário de atividades” onde devem ser anotados os horários em que dormiu, acordou, almoçou, jantou assim como eventuais sintomas e atividades ou eventos importantes. É fundamental manter as atividades rotineiras.

 

** Prevenção é o melhor remédio, faça seu check-up anualmente **

 

 

Fonte:https://www.ems.com.br //www.einstein.br/especial

“Para quem tem o hábito de medir a pressão arterial em casa, saiba como medir a corretamente“

A hipertensão é uma doença crônica e silenciosa, responsável pelo aumento do risco de AVC e ataques cardíacos.

Quem sofre da doença e tem o hábito de medir a pressão em casa,é importante medi-la com freqüência, de 2 a 4 vezes por dia ou pelo menos uma vez por semana, ou de acordo com orientação médica.

Antes de aferir a pressão, é preciso seguir algumas recomendações:

  • Aferir de preferência no período da manhã e em jejum, antes de tomar qualquer remédio, no caso de almoço ou jantar espere pelo menos 1 hora após a refeição.

  • Não fumar nem consumir bebidas alcoólicas pelo menos 30 minutos antes da medição;

  • Não praticar atividade física até 1 hora antes;

  • Esvaziar a bexiga, repousar de 5 a 10 minutos antes de iniciar o procedimento;.

  • Sentar-se em uma cadeira com a coluna ereta, e não cruzar as pernas;

  • Coloque a braçadeira no braço esquerdo, sem folgas, de dois a três dedos acima da articulação do cotovelo;

  • Mantenha o braço relaxado, apoiado em uma superfície elevado na altura do coração, e vire a palma da mão para cima;

  • Quando a braçadeira começar a inflar, mantenha-se relaxado, não fale nem movimente o braço. A maioria dos aparelhos é bastante simples de usar, basta apertar um botão que ele começará a medição e esperar a finalização do mesmo;

ATENÇÃO:

Se você já é hipertenso e obteve o resultado acima de 120 x 80, ou maior que 180 x 120  é recomendado que espere em repouso 15 mim,para que sua pressão seja aferida novamente,caso permaneça, importante procurar imediatamente um pronto-socorro.

A Pressão Arterial de um paciente para outro varia de acordo com a idade, o estado emocional, a temperatura ambiente, a posição postural, o sono e com uso de drogas álcool, etc .

O aparelho precisa ter o selo de verificação do INMETRO, garantindo a qualidade e segurança do mesmo.

Aparelho inadequadamente calibrado ou testado pode efetuar a medição incorreta da pressão arterial podendo trazer conseqüências graves ou levar pessoas a serem tratadas sem necessidade

Jamais se automedique ou pare de tomar os medicamentos prescritos;

Registre suas medidas para mostrar ao médico cada vez que você tiver uma consulta. Só ele poderá ajustar o tratamento para garantir o controle da pressão arterial.

 

 

Fonte: https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-cronicas/hipertensao

http://g1.globo.com/bemestar

 

 

 

“Pressão Alta” também pode atingir crianças e adolescentes ??

A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera a hipertensão arterial um problema de saúde pública, uma vez que o número de casos não para de crescer.

A pressão alta em crianças age na surdina,por isso é chamada de “mal silencioso”.

Filhos de pais hipertensos devem redobrar os cuidados com a prevenção desde cedo, porque pressão alta é uma doença hereditária, crônico-degenerativa que ataca os vasos sanguíneos e pode provocar lesões graves no coração, cérebro, rins, e outras grandes artérias do nosso corpo, outros fatores como o estresse e o alto consumo de alimentos como pão, refrigerantes e salgadinhos, também são vilões, pois esses alimentos possuem alta quantidade de sódio e o consumo vem sendo intensificado com as campanhas de marketing.

 

SINTOMAS:

A pressão arterial elevada raramente causa sintomas em crianças, adolescentes, os sinais mais aparecem comuns são:

Dor de cabeça, tonturas, falta de ar, zumbido no ouvido, visão embaçada, sangramento nasal e cansaço.

DIAGNÓSTICO:

Inicialmente devem ser realizados hemograma completo, velocidade de hemossedimentação (VHS) e proteína C reativa (PCR), uréia, creatinina, eletrólitos e sedimento urinário.

Em caso de adolescentes obesos, procedemos à avaliação de colesterol, lipoproteína de alta densidade (HDL), lipoproteína de baixa densidade (LDL), triglicérides, ácido úrico, insulina basal e glicemia de jejum.

Uma medida isolada com valores alterados não é suficiente para fazer o diagnóstico de hipertensão arterial. Muitas vezes, o aumento da pressão é transitório e pode ser conseqüência da “síndrome do avental branco”,ou seja,o simples fato de estar no consultório, diante do médico, basta para a pressão arterial subir, independentemente da idade. Por isso, crianças e adolescentes só podem ser considerados hipertensos depois de que três medições consecutivas realizadas em ambientes e situações diferentes confirmem o aumento da pressão arterial.

Portanto, na infância, percentil abaixo de 90 indica pressão arterial normal, entre 90 e 95, quadro de pré-hipertensão, e percentil acima de 95, sinal de que a hipertensão está instalada.

Antes de medir a pressão, a criança deve permanecer em repouso por 5 minutos, em ambiente tranqüilo, na posição sentada, com as costas apoiadas e sem cruzar as pernas, com o braço estendido na altura do coração e a bexiga vazia;.

RECOMENDAÇÕES:

O tratamento da hipertensão arterial infantil requer mudanças no estilo de vida dando preferência a alimentos saudáveis, praticar exercícios físicos

Fique de olho no rótulo dos alimentos para checar a quantidade de sódio por porção: o ideal é que tenham menos de 7% de sódio.

A hidratação merece atenção devendo consumir cerca de um litro e meio de água ao longo do dia;

Manter o peso adequado;

 

LEMBRANDO:

“ A pressão alta não tem cura, mas tem tratamento e pode ser controlada. Somente o médico poderá determinar o melhor método para cada paciente.“

O Sistema Único de Saúde (SUS) oferece gratuitamente medicamentos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e pelo programa Farmácia Popular. Para retirar os remédios, basta apresentar um documento de identidade com foto, CPF e receita médica dentro do prazo de validade, que são 120 dias. A receita pode ser emitida tanto por um profissional do SUS quanto por um médico que atende em hospitais ou clínicas privadas.

 

 

 

FONTE: https://drauziovarella.uol.com.br/pediatria/hipertensao-arterial-infantil/

Campanha Nacional Doação de Sangue..

Um simples gesto de amor e solidariedade pode salvar muitas vidas.

** Uma única doação pode salvar até 4 vidas **

A doação é 100% voluntária e pode beneficiar qualquer pessoa.

Faça sua parte!!!

Tem sempre alguém precisando de você!!!

 

Posto Unicamp – Hemocentro

 Rua Carlos Chagas, 480, Cidade Universitária,

“Zeferino Vaz”, Barão Geraldo – Campinas – SP

 0800-722-8432

 (19) 3521-8705

 Seg a Sáb (Inclusive Feriados): 7:30h – 15:00h

Posto Mário Gatti – Hospital Municipal Dr. Mário Gatti

 Av. Prefeito Faria Lima, 340 Pq. Itália – Campinas – SP

 (19) 3272-5501

 (19) 3772-5758

 Seg a Sáb (inclusive em feriados):  7:30h – 13:00

 

Campanha de Vacinação contra o Sarampo 2019…

O que é o sarampo?

O sarampo é uma doença extremamente contagiosa causada por um vírus do gênero Morbillivirus, da família Paramyxoviridae.

A transmissão pode ocorrer por meio da fala, tosse e/ou espirro.

O quadro de infecção pode ser grave, com complicações principalmente em crianças desnutridas ou com sistema imunológico debilitado.

 Os principais sintomas são:

Febre alta acima de 38,5ºC

Dor de cabeça

Manchas avermelhadas na pele do rosto e atrás das orelhas

Tosse persistente

Coriza

Conjuntivite

Manchas brancas na mucosa da boca

 

Publico Alvo:

Bebês de 6 meses a 1 ano de idade: devem tomar a vacina,

Crianças de 12 meses: deve ser dada uma dose

Crianças de 15 meses: devem receber a segunda dose

Crianças e Adolescentes que só tomaram uma dose: devem receber a segunda dose.

Pessoas até 29 anos de idade, em geral: devem ter 2 doses na vida, com intervalo de 1 mês entre elas.

Pessoas entre 30 e 50 anos de idade: devem fazer 1 dose se não souberem seu estado vacinal. Idealmente devem ter duas doses feitas na vida.

Pessoas com 60 anos ou mais de idade: não precisa ser vacinado. Mas não há limite de idade para receber a vacina.

 

Como tratar o sarampo

Não há tratamento, não há um remédio específico para a doença mas antitérmicos vendidos sem prescrição médica ou vitamina A podem aliviar os sintomas e mantendo sempre hidratado e bem alimentado.

 

 Especialistas

Infectologista, Pediatra e Clínico geral

 

LEMBRANDO:

Quem já teve sarampo não precisa se vacinar.

Estar atualizado é também uma forma de proteção à sua saúde.

A vacina está disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde.

https://g1.globo.com/bemestar/blog/ana-escobar/post/2019/08/12/sarampo-voce-esta-em-dia-com-a-sua-vacina.ghtml

Sensação de sede diminui?? Não descuide da hidratação no inverno…

Estudos indicam que beber água regularmente diminui as chances de ataque cardíaco.

A falta de água no organismo acelera o ritmo cardíaco, diminui o volume sanguíneo que causam sintomas como o cansaço, dor de cabeça, taquicardia e vertigens. Em casos mais graves, pode levar à queda de pressão arterial e a perda de consciência, no frio, nosso corpo gasta mais energia do que no calor.

Durante a exposição do corpo às temperaturas mais baixas temos um maior gasto calórico pela briga do organismo em manter a temperatura interna estável, pois as funções metabólicas do nosso organismo dependem da água, e quando o corpo não tem líquido suficiente, esses processos podem ser realizados de maneira ineficiente e causando a desidratação sendo ainda mais perigosa quando nosso corpo tem um funcionamento ainda mais desgastante.

Mesmo nos dias de frio, sugere ingerir cerca de 500 ml de água a cada 4 horas ao dia.

O ideal é que esse consumo seja feito aos poucos para não deixar o estômago cheio, o que pode gerar desconforto.

Se você tem dificuldade em beber água, uma boa opção para adicionar (não é substituir) ao seu dia-a-dia são os chás (camomila, erva-doce, erva-cidreira, etc).

Outra opção são frutas como melão, melancia, laranja e abacaxi, abacate, maçã e uva. Elas são mais ricas em líquido.

 

“A água tem uma importância vital para o equilíbrio do corpo, faça dela um habito”

 

 

http://g1.globo.com/Noticias

www.ativo.com/ nao-descuide-da-hidratacao-no-inverno/.com.br

Alerta: Inverno faz aumentar risco de infarto e Avc..

Segundo Ministério da Saúde*, o número de infartos e Avc aumenta em até 30% no frio;

Com a chegada do frio, o cenário se torna ainda mais perigoso para os que sofrem com doenças cardiovasculares, onde a principal reação do organismo ao frio é a vasoconstrição, que nada mais é que o estreitamento dos vasos sanguíneos, para manter o corpo aquecido, o coração passa a “trabalhar” mais, havendo uma necessidade de acelerar o metabolismo, para esse processo, entram em cena substâncias, como a adrenalina, que levam à contração dos vasos sanguíneos, obrigando o coração a fazer mais força para bombear o sangue, nas baixas temperaturas, o aumento da pressão sanguínea, faz sobrecarregar o coração, facilitando o desprendimento de placas de gordura localizadas no interior das artérias, que podem bloquear o fluxo do sangue para o coração e para o cérebro, isso acontece porque o organismo tem um termostato natural que faz de tudo para manter o corpo com cerca de 36Cº, como forma de proteger o funcionamento dos órgãos vitais, esta reação acaba por aumentar a pressão arterial, potencializando os riscos de infarto, principalmente a quem faz parte de grupos de risco, como: obesos, fumantes, hipertensos, diabéticos e pessoas com colesterol elevado.

 Para piorar, com esse tipo de clima as pessoas acabam tomando menos água, o que deixa o sangue mais viscoso e pode levar a um aumento na pressão sanguínea.

Sinais do infarto

Dor no peito: a maioria dos casos apresenta dor no peito que dura alguns minutos ou vai e vem, pode ser como uma pressão desconfortável, dor, aperto ou opressão;

Desconforto ou dormência em outros locais: braços, costas, pescoço, mandíbula ou estômago.

Falta de ar: mesmo sem dor no peito; sudorese fria, náuseas, vômitos e visão turva.

 Sinais de AVC 

Dormência súbita ou fraqueza da face, braço ou perna, especialmente de um dos lados do corpo;

Confusão súbita, fala ou compreensão difíceis, perda de visão em um ou ambos os olhos, dificuldade  de andar, tonturas, perda de equilíbrio e coordenação;

Dor de cabeça súbita e intensa, sem causa aparente

RECOMENDAÇÃO

Manter Hidratado.

Manter-se bem agasalhado.

Prática de exercícios leves, evitando ambientes com a temperatura abaixo de 14Cº,com exposição prolongada ao frio intenso e o choque térmico causado pelas quedas bruscas de temperatura.

Evitar o consumo excessivo de alimentos com gordura saturada, açúcar e sal ajudando a controlar os níveis de colesterol no sangue, a glicemia e a pressão arterial

Não fumar;

Evite abusar do álcool.

Evite a automedicação e ao sinal de qualquer um dos sintomas, de infarto ou Avc  o paciente deve ir imediatamente a um serviço de emergência para que seja avaliado…

Sempre realizar exames preventivos e seguir orientação médica para controle da hipertensão arterial, diabetes, colesterol e triglicerídeo, caso possua histórico de doenças cardíacas ou faça parte de um grupo de risco, consultar um cardiologista, pelo menos, uma vez ao ano.

Fonte: http://g1.globo.com/bemestar  http://www.socesp.org.br

Hipertensão Arterial (Pressão Alta)

A hipertensão arterial sistêmica (HAS) é uma doença silenciosa que não costuma provocar sintomas, popularmente conhecida como “pressão alta”,e por ter a pressão arterial, sistematicamente, igual ou maior que 14 por 9.

Na maioria dos casos, não se sabe exatamente como a pressão arterial se desequilibra, mais esta relacionada com a força que o sangue faz contra as paredes das artérias para conseguir circular por todo o corpo. O estreitamento das artérias aumenta a necessidade do coração bombear com mais força para impulsionar o sangue e recebê-lo de volta, como consequência, a hipertensão dilata o coração e danifica as artérias.

A hipertensão é dividida em três tipos, conforme os estágios classificados pelos níveis de pressão arterial.

O estágio I corresponde à pressão acima de 140/90 e abaixo de 160/100.

O estágio II ocorre acima de 160/100 e abaixo de 180/110.

O estágio III é marcado pela pressão acima de 180/110.

 

SINTOMAS DA HIPERTENSÃO

Hipertensão arterial é doença traiçoeira,só provoca sintomas em fases muito avançadas ou quando a pressão arterial aumenta de forma abrupta e exagerada.Algumas pessoas, porém,pode apresentar sintomas, como dores de cabeça, no peito,tonturas, zumbido no ouvido, fraqueza, visão embaçada, sangramento nasal, formigamento nos membros e dificuldade de respirar, onde representam um sinal de alerta.

TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO

A pressão alta não tem cura, mas tem tratamento e pode ser controlado por um médico onde determina o melhor método para cada paciente.

O Sistema Único de Saúde (SUS) oferece gratuitamente medicamentos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e pelo programa Farmácia Popular. Para retirar os remédios,basta apresentar um documento de identidade com foto, CPF e receita médica dentro do prazo de validade,que são 120 dias

O objetivo do tratamento deve ser não deixar a pressão ultrapassar os valores de 12 por 8,nos casos de hipertensão leve,com a mínima entre 9 e 10, tenta-se primeiro o tratamento não medicamentoso, que é muito importante e envolve mudanças nos hábitos de vida.

RECOMENDAÇÕES SOBRE HIPERTENSÃO

Reduza o sal

Ele é um mineral importante para o organismo e não deve ser eliminado da dieta dos hipertensos,mais nunca ultrapasse 6 gramas por dia, ou seja,uma colher de chá para toda a alimentação diária, evite os alimentos processados que, em geral, contêm mais sal.

Reduza o estresse

Saiba que o estresse pode aumentar a pressão arterial. Atividade física, técnicas de relaxamento, psicoterapia podem contribuir para o controle do estresse e da pressão arterial;

Reduza o consumo de bebidas alcoólicas

Recomenda-se diminuir a ingestão de bebidas alcoólica para controlar e baixar a pressão arterial.

Não fume

O fumo agrava o quadro, levando à ocorrência de ataque cardíaco, acidente vascular cerebral e gangrena das pernas, além de outros danos.

 

Lembre-se:

NUNCA se automedique ou interrompa o uso de um medicamento sem antes consultar um médico.

Quem se cuida, vive mais!!!!

 

 

FONTE: https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/hipertensao-pressao-alta

http://publicacoes.cardiol.br/consenso/1994/6304/63040015.pdf

Enxaqueca não é dor de cabeça e sim risco maior de AVC e infarto.

Entenda..

O risco de desenvolver certos problemas cardiovasculares parece ser maior entre quem sofre com esse tipo de dor de cabeça.

Segundo a Organização Mundial da Saúde é a sexta doença crônica que mais incapacita pessoas, no Brasil, 5% da população tem enxaquecas crônicas, ou seja, com crises que ocorrem por 15 dias por mês ou mais.

Apesar de muita gente confundir a enxaqueca com dor de cabeça, elas são diferentes:

A dor de cabeça provoca dores que dão a sensação de cabeça pesada, apertada ou pressionada, geralmente é uma dor fraca ou moderada..

Já a enxaqueca, é uma dor de cabeça frequente causada por distúrbios neurológicos que geralmente começa com uma dor latejante em um dos lados, que aumenta aos poucos, em alguns casos, ficar com a visão turva ou enxergar pontos luminosos pode indicar uma crise.

A enxaqueca deve ser tratada com muita seriedade e controle porque aumenta um risco maior de desenvolver  AVC e infarto, assim como a hipertensão, o colesterol alto e o tabagismo.

De acordo com a neurologista a enxaqueca é hereditária e,na maioria dos casos, a auto-medicação,e uso irregular de analgésicos pode piorar a situação em vez de ajudar.

Principais causas da enxaqueca:

** Jejum por tempo prolongado.

** Estresse.

** Consumo de alimentos que desencadeiam as crises.

** Inalação de produtos químicos com fortes odores.

** Crises de ansiedade.

** Ingestão de bebidas alcoólicas em grandes quantidades.

** Período pré-menstrual.

** Alterações do sono: dormir pouco ou dormir muito.

 

Sintomas de Enxaqueca:

**A Crise dura de 4 a 72 horas, com dor unilateral e pulsátil

**Náusea e Vômitos.

**Irritabilidade.

**Sensibilidade à luz.

**Sensibilidade ao som.

**Sensibilidade ao movimento do corpo ou do ambiente.

**Mudanças de apetite.

**Problemas de concentração.

** Visão embaçada,com pontos de luzes piscando.

 

Tratamento de Enxaqueca

Antes de iniciar o tratamento para enxaqueca, é necessário saber se o diagnóstico está correto e qual o fator desencadeante dela sendo importante aprender a reconhecer os primeiros sintomas que normalmente antecedem a dor de cabeça, como sensação de mal estar, dor na nuca, leves tonturas ou sensibilidade à luz, cheiro ou ruído, para que o tratamento possa ser iniciado assim que possível.

O tratamento da enxaqueca deve ser indicado por um Neurologista, levando em consideração as características da dor e a freqüência das crises,que irá prescrever alguns remédios como para o alívio da dor e dos restantes sintomas.

 

 

 

Fonte:https://g1.globo.com/bemestar/noticia/2019/04/15/toda-dor-de-cabeca-e-enxaqueca-veja-mitos-e-verdades-sobre-a-doenca.ghtmlliv  https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/enxaqueca-3